Quem Somos

Share Marketing Estratégico

A Share iniciou suas atividades em 1998. Na época, os layouts de campanhas publicitárias eram feitos à mão. Tudo o que hoje é produzido em uma tela de computador era desenhado, pintado ou colado. A proposta da empresa era ser não apenas uma agência de propaganda, mas uma empresa que cuida da imagem do cliente e desenvolve planos de Marketing Estratégico.

Hoje a Share faz planejamentos de marketing para definir a melhor estratégia de Branding, Marketing Digital e Identidade Corporativa. Além disso, procura desenvolver novos negócios entre os clientes e o mercado. Como a Share começou? É o que você pode ver no texto abaixo. Mas avisamos: se você continuar, lerá a história de um ideal, de uma vontade, de uma pessoa como você. Divirta-se.

A caneta de nanquim, o cheiro da tinta, o layout de uma vida

Uma empresa não é feita de paredes, móveis e um CNPJ, mas de pessoas, talentos e histórias muito bem vividas. Por isso, podemos dividir a trajetória da Share Marketing em quatro acontecimentos: o menino que desenhava na calçada, o garoto que se deslumbrou com o cheiro das tintas, o rapaz que viu pela primeira vez um layout publicitário e o sonho de uma vida constituído. Vamos a eles…

O menino: aos sete anos, Marcos André de Siqueira desenhava as fachadas dos prédios da Avenida Sul Brasil na pequena cidade de Maravilha, oeste de Santa Catarina. Naquele momento, nada importava além dos traços que esboçava. Sim, eram rústicos, mas ele adorava as cores, as linhas e os contornos.

Feliz com os desenhos que fazia, corria para mostra-los à família. O pai percebeu o gosto do garoto e o levou ao seu primeiro emprego: desenhista técnico em uma empresa de engenharia. Ali o menino aprendeu a usar as canetas de nanquim, a fazer traços com réguas e a pilotar as pranchetas de desenho. Era uma alegria passar o dia desenhando prédios, casas, lojas.

O garoto: quando o menino desenhista tinha dezenove anos, foi convidado a tocar a serigrafia da empresa onde trabalhava. Quando viu pela primeira vez o processo serigráfico, ficou encantado. Apaixonou-se pela revelação da tela de impressão, pelas imagens surgindo nos papéis, nas camisetas, nas canecas e adesivos. Assumiu o negócio e construiu ali seu primeiro empreendimento. “Eu adorava tudo aquilo, o cheiro da tinta, mas lá no fundo, sentia necessidade de aprender mais, de estudar. Foi aí que decidi vir para Curitiba”.

O rapaz: ao chegar à capital paranaense, com 22 anos, Marcos foi logo trabalhar em uma empresa de engenharia, como desenhista. Um dia, um cliente trouxe um layout feito pelo italiano Eliseu Malorggio, publicitário renomado na Itália, recém-chegado em Curitiba. Na década de 90, os desenhos ainda não eram feitos no computador, mas à mão, com lápis, pincel e outros equipamentos. Marcos ficou observando as linhas, as cores, os traços feitos com aerógrafo, e disse para si: “é isso que eu quero da minha vida. Vou ser publicitário!” Saiu da engenharia para seguir no ramo da publicidade, e Malorggio foi seu primeiro professor. O rapaz aprendeu tudo o que podia com o italiano: as técnicas de desenho, como fazer layouts etc. Em 1998, depois de muita experiência adquirida e de alguns empreendimentos, montou a Share.

O homem e a empresa: hoje, a Share desenvolve estratégias de marketing para definir campanhas publicitárias, estudos de branding, identidade corporativa, marketing digital. Cuida da imagem de outras empresas e cria estratégias comunicativas. Depois de muitos anos, o garoto — hoje um homem formado — se emociona ao lembrar o início de tudo: os desenhos nos cadernos com listras, o cheiro da tinta e o primeiro layout que viu. Ele sabe que a Share não começou com um CNPJ, mas com uma sucessão de acontecimentos que revelaram a habilidade de um idealizador. A vida lapidou o talento que já existia lá, desde a infância – quando desenhava rústicas fachadas de prédios em uma pequena cidade de Santa Catarina –, e o transformou no estrategista de marketing responsável pela Share Marketing Estratégico.