Quatro dicas para realizar um bom trabalho de assessoria de imprensa em Curitiba

assessoria de imprensa em Curitiba

Quatro dicas para realizar um bom trabalho de assessoria de imprensa em Curitiba

Nos dias sete, oito e nove de abril aconteceu em Curitiba a ExpoPet: feira especializada em animais de estimação. Durante os três dias do evento, milhares de pessoas visitaram o Expo Renault, no Parque Barigui, local onde a feira foi realizada. Esse grande número de visitantes se deu, em grande parte, pelas 19 matérias jornalísticas veiculadas. Tevês, sites, jornais e rádios da capital paranaense concorreram ao local do evento. Essa participação da grande mídia foi fruto do trabalho da assessoria de imprensa em Curitiba da Share Market.

A RPC fez um link ao vivo. O apresentador de um programa do meio dia do SBT degustou, também ao vivo, um pão de queijo especial para cachorros. A Gazeta do Povo fez uma grande reportagem no Viver Bem, uma das principais editorias do maior jornal do Paraná. A TV Band veiculou no noticiário das seis. Enfim, a presença desses e de outros veículos de comunicação informaram o público da feira e ele concorreu a ExpoPet, edição de 2017.

Fica a pergunta: quanto todas essas inserções custaram para a organização do evento? ZERO! Com assim, ZERO? Sim, ZERO. Não teve nenhum custo para o evento. A TV, o jornal, a rádio, vieram, fizeram as matérias e as publicaram. O segredo de toda essa publicidade foi saber atrair as mídias para o evento. Mostrar algo interessante para que os veículos percebessem que ali tinha uma boa pauta, uma boa reportagem.

Para você entender melhor, vamos colocar em tópicos a estratégia usada pela Share para que você também possa fazer um grande trabalho de assessoria de imprensa.

Dicas para assessoria de imprensa em Curitiba

  • Um bom trabalho de assessoria de imprensa em Curitiba sempre começa antes do evento. No mínimo duas semanas antes. Durante esse período no caso da ExpoPet, foi levantado quais os assuntos que eram novidades e que tinham um grande potencial para virar matéria. No caso da ExpoPet, foram selecionados vários: pão de queijo para cachorro, cerveja para cachorro, diamante sendo feito de pelos de cachorros, ofurô para cachorro, chapinha para cachorro, etc. Com esses tópicos em mão vários releases foram enviados para as redações chamando a atenção para essas novidades.
  • Lembre-se, um release não deve ser escrito somente por escrever, como se diz por aí “por desencargo de consciência”. Ele tem que ter um título que impacte e uma excelente redação. No corpo do texto deve existir uma pauta concreta, que seja útil, que dele possa sair uma matéria bacana. Esse ponto é muito importante.

Uma dica de ouro

É muito importante que um bom assessor de imprensa tenha faro para descobrir notícias e saber quando um determinado assunto é relevante, ou não. Se ele tiver essa habilidade jornalística, não só fara uma boa assessoria de imprensa como também poderá se tornar um parceiro dos jornalistas e veículos de comunicação. Se a coisa apertar em uma redação — e sempre aperta — a sua pauta sempre será bem vinda.

  • O trabalho do assessor de imprensa na hora de acompanhar um jornalista, seja ele em vídeo ou texto, é facilitar a vida do repórter. No caso da feira, mostraram-se as coisas mais legais e interessantes. Mas sempre era o jornalista quem decidia o viés da notícia e o que ele precisava para a matéria. Dica: não queira forçar algo. Se forçar você tem grandes chances de se transformar em um grande chato de galocha.
  • Depois de mandar os releases, assessorar e receber os jornalistas, de ver os clientes aparecerem nos veículos, no final do evento, ou de um mês de trabalho de assessoria é a hora de fazer o clipping das veiculações. Pesquisar, coletar e organizar em uma pasta todas as notícias que foram veiculadas sobre o seu assessorado. Depois disso entregar para o cliente e correr para o abraço.

Bom esperamos que essas 4 dicas possam ter ajudado você a realizar um grande trabalho de assessoria de imprensa. Se tiver alguma dúvida, não hesite em nos contatar.
Abraço

Compartilhar este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *